14.9.05

Entrevista do Gerald Thomas

Essa entrevista dele para o pessoal do nomínimo é muito engraçada (e boa também). Sério, eu me diverti demais lendo as suas histórias e opiniões. Ele é muito, mas muito louco. Enquanto eu escrevo esta nota estou inclusive ouvindo a íntegra da entrevista. Vale a pena.

Uma palhinha:

- É verdade que a Fernanda Montenegro e a Marilia Gabriela foram as únicas mulheres com quem você trabalhou e não transou?
- Não! Com a Camila Morgado também não...
- Então você transou com a Tônia Carreiro?
- Desculpa, com ela também não, se bem que me deixa pensar aqui, houve sim um certo momento...
- Com a Tônia Carreiro, cara?
- É, houve ali uma noite em que estávamos todos muito doidos. Eu não lembro direito, não sei, eu juro que não me lembro direito. Não me lembro de muita coisa. Às vezes eu tenho que perguntar: “vem cá, eu te comi?”.

2 Comentários:

At 09:11, Anonymous Helena said...

Nossa, Gui, é realmente muuuito engraçada a entrevista! Me diverti deveras... a verdade é que ele mescla umas loucuras com umas verdades, algumas que só podem ser ditas por quem já está falando tudo o que vem pela cabeça, sem muito critério... a combinação foi genial!

 
At 13:01, Anonymous amigodochriscross said...

concordo com os comentários do leitor anônimo acima.

 

Postar um comentário

<< Home